Nostalgia: As visões da Raven

Nostalgia: As visões da Raven

 

Resultado de imagem para as visoes da raven

 

“As Visões da Raveeeeeeennnnnnnnn”. Tó aqui me imaginando, cantando e dançando essa vinheta, nas tardes que eu não tinha nada para fazer. “O futuro eu vejo siiiiiiim”. Tá, parei.

Eu precisava falar aqui dessa série. Inclusive por que eu sigo a atriz Raven-Symoné (sim, o nome da atriz que fazia a Raven é Raven) nas redes sociais, e por muitas vezes ela posta coisas referentes a este trabalho. A série que tem 4 temporadas (eu pensava que era mais, não me pergunte o motivo) foi uma produção do Disney Channel e no Brasil, foi transmitida na TV aberta pelo SBT. A menina atrapalhada que tinha visões e tentava concertar o futuro marcou a vida de muita gente. Inclusive dessa que vos fala.

 

O legal de tudo é que as trapalhadas não eram exclusivas da Raven. Todos os personagens tinham seu lado maluco. A relação dela com o irmão Cory (Kyle Massey), que era típica de irmãos. Brigam, brigam, brigam, mas quando um precisava do outro você via que tinha amor. As respostas sem noção da Chelsea (Anneliese van der Pol) e as loucuras do Eddie (Orlando Brown) melhores amigos da vidente. E os pais. QUE PAIS GENTE <3. Tanya Baxter (T’Keyah Crystal Keymáh) e Victor Baxter (Rondell Sheridan) conseguiam ser jovens e caretas ao mesmo tempo.

Nós sempre sabíamos que alguma coisa daria errado, mas mesmo assim, isso não tirava a graça dos episódios. Na minha humilde opinião, todos os elementos da série foram bem construídos para mostrar que o futuro não se muda. O que tem que ser será #GraziFilósofa.

Claro, não dá para ignorar os looks da Raven. Na história ela mesma desenhava e tinha o sonho de ser estilista <3.

Wellyngton Vianna

Recifense, 23 anos, CEO fundador do CYBER SÉRIES.

“Escrever liberta, podemos criar, recriar e inovar. Podemos tornar públicas as nossas idéias”.