Insensato destino: Capítulo 8

Insensato destino: Capítulo 8

 

Capítulo escrito por: Reryson Silva

Classificação indicativa: 

Continuação imediata do capítulo anterior

 

Germana: Ela quem, Daniel? Pode responder?

Daniel: É a…

Germana: Chega! Não precisa dizer. Eu detesto explicações. Em explicações as pessoas tentam em rolar as outras. Prefiro tirar minhas próprias conclusões.

Germana saia, mas Daniel a impede puxando-a e dando um beijo.

Germana: Eu te amo, Daniel! Eu sou capaz de matar por você. Porque você acha que eu voltei com você? Eu sou completamente apaixona. E eu, só quero que você não faça comigo, o que nem em pensamento eu faria com você.

Daniel: Eu sei Germana! Eu também amo muito você!

***

Fortaleza| Família Maldonado

Marilia brigava com a filha por ela não ter nenhum namorado.

Marilia: Minha filha do céu arranja um namorado! Pelo menos para eu me distrair e saber que eu já sou sogra.

Isis: Tudo em sua hora mãe.

Marilia: Ah minha filha, se você vai ficar sentada e parada, eu vou a luta!

Marilia sai deixando Isis falando só.

Isis: Ela sempre faz isso.

***

Rio de Janeiro| Mansão Miller Hevrory

A entrevista da Ângela chegava ao fim, quando de repete chega o seu pai, Carlos, fazendo um escândalo.

Jornalista: Ângela já estamos chegando ao fim…

Carlos: Essa mulher que vocês estão vendo aqui, essa grande top model. É minha filha, e ela tem vergonha do próprio pai.

Ângela: Seguranças tirem esse senhor daqui, por favor. É mentira eu nunca vi esse senhor na minha vida.

Carlos: Vai negar a sua criação Ângela Miller? Quer que eu fale para todos de sua…

Os seguranças chegavam e interrompia Carlos.

Ângela: Isso tire esse louco daqui.

Carlos sai arrastado pelo o casarão de Ângela. Ângela explicava o ocorrido à mídia.  No entanto, não ia ajudar muito, pois amanhã estaria em todos os jornais.

Ângela: Bom, nada o que esse senhor disse é verdade. É mais um, de muitos querendo fama. Bom até daqui um mês.

Todos os jornalistas iam embora. Ângela se apavorava com Cleiton.

Ângela: Cleiton, amanhã todos os jornais falaram, sobre isso.

Cleiton: Calma Ângela, calma.

Ângela: Calma?

Cleiton: Você não vai resolver nada, aflita desse jeito.

Ângela: Quem disse? Eu irei resolver isso agora! Vou por tudo em pratos limpos.

Cleiton: O que você vai fazer?

Ângela: Chegou a hora de todos saberem. Não posso falar mais nada Cleiton, tenho que sair.

E Ângela sai decidida a fazer algo, que calasse de vez o seu pai adotivo. O que será que Ângela ira fazer? “Espero que eu não me arrependa disso.” Pensava Ângela.

 

Fim do capítulo 8.