Eu & as três – Capítulo 11

Eu & as três – Capítulo 11

 

 

No final do dia,chega à cidade um pelotão da polícia para fazer a busca na cidade e prender a quadrilha.Mas…Chegaram tarde demais.

                                              NA DELEGACIA

S.LEITÃO:Estão chegando.

S.MENEZES:QUEM?

CAPITÃO:Boa tarde soldados!Vamos ao batente.Nos conduza até a estas residências.

S.LEITÃO:Por que nestas casas?Não vai me dizer que o senhor está querendo se divertir com as três solteironas.

CAPITÃO:Não estou aqui a procura de diversão. São estes nomes aí que compõem a quadrilha.

S.LEITÃO:Chegaram tarde demais.

CAPITÃO:Como assim?

S.LEITÃO:Hoje pela manhã ,vi essas pessoas pegando o ônibus na rodoviária.Exatamente os quatro.

S.MENEZES:Quem diria,ser estas pessoas os assaltantes.Mas e o chefe,quem é?

CAPITÃO:Saberemos quando pegarmos esses quatro aí ?Ele, o chefão, está aqui ,inserido no meio da população.Iremos embora pra não alarmar.Voltaremos quando retornarem,pensando que a polícia desistiu.Pra todo efeito,ninguém precisa saber do motivo de nossa vinda até aqui.Não falem sobre os nomes que vocês viram.Isso é segredo para a população.Espero que sejam sigilosos.Estaremos em alerta e voltaremos assim que a poeira abaixar.

                                        CASA DE JORGETA

         Com a saída de Romeu e Clara de casa,Jorgeta está morando apenas com Ygor e com Carminha.Jorgeta então desce para o café da tarde.

CARMINHA: Boa tarde dona Jorgeta.

JORGETA:Sirva logo o café pra mim!

CARMINHA:Pois não.

JORGETA:Ygor ainda não voltou?

CARMINHA:Voltou sim,pegou uma mochila e saiu novamente,mas deixou aquele bilhete ali para a senhora.

JORGETA:bilhete?O que aquele maluco aprontou desta vez!Pega-o ali para mim e pode ir pra cozinha.

CARMINHA:Sim senhora.

JORGETA:E jornal de hoje?

CARMINHA:Seu Ygor não o trouxe de volta.

                                     APARTAMENTO DE ROMEU E CLARA

CLARA:Quem serão os assaltantes?

ROMÃO:Eles estão próximos de nós e não sabemos quem os são.

CLARA:Isso é muito perigoso.Pessoas de bem convivendo com bandidos.

ROMÃO:A polícia agirá na hora certa.Bom filha,preciso ir para a prefeitura.

CLARA:Se a mamãe aparecer por lá,não se amedronte,levante a cabeça e a encarre.

ROMÃO:Fique tranquila filha.Estou aprendendo a lidar com sua mãe.

CLARA:E eu vou me encontrar com minha futura sogra.

                                  CASA DE JORGETA
                         Jorgeta ,lê o bilhete de Ygor e fica um pouco apreensiva.

JORGETA:”Tive que viajar às pressas,volto assim que a poeira abaixar”.Mas o que está acontecendo?Preciso ficar bem informada.

      Jorgeta ,então saiu sem entender o porquê que Ygor viajou assim tão rapidamente.Se dirigiu ao orelhão da praça.

XERETA:Lá vem ela,com sua bolsinha rodopiante e seus saltos exuberantes…Bom dia dona Jorgeta.Como está a vida depois de ser abandonada pelo prefeito.

JORGETA:Cala-te esta boca suja ,seu porcalhão.Escuta aqui,não tem outro lugar pra montar sua guarda não?Seu desocupado.

XERETA: Ter até que tem,mas gosto daqui ,pois posso apreciar tudo, tudo o que acontece e fico sempre bem informado.

JORGETA :Dá pra se afastar um pouquinho,preciso fazer uma ligação particular.

XERETA: Foi só seu Romão sair de casa e tá de segredinhos no orelhão.Não é fraca não,né dona ex primeira dama.

         Xereta foi educado,se afastou e deixou Jorgeta fazer sua ligação em paz.Após alguns minutos de conversa,a mãe de Clara desliga o telefone e sai com um ar de preocupação.E vai para a prefeitura.

                                     NA PREFEITURA

          Jorgeta,chega e vai se adentrando e…

CARLA: Por favor dona Jorgeta.

JORGETA: O que foi sua imprestável.

CARLA:Tenho ordens de seu Romão, pra não deixa-la  entrar sem ser anunciada e se insistir é pra chamar o segurança.

JORGETA: O que é isso menina?Vou entrar e ninguém vai me impedir.

CARLA: É melhor deixar eu anuncia-la ao prefeito.

              Jorgeta dá uma gargalhada

JORGETA: Coloque-se em no seu lugar mocinha.Ouse a me impedir,que irá pra rua.

              Jorgeta ameaça a entrar.

CARLA:Segurança,por favor não deixe esta senhora entrar.

        O segurança impediu Jorgeta de entrar e ela teve de aceitar ser anunciada para falar com o prefeito,seu ex marido.

                           NO GABINETE DO PREFEITO

       Jorgeta entrou furiosa.

JORGETA:Mas,que palhaçada é esta Romão?

ROMÃO:(Calmo)Seja educada e cumprimenta primeiro.

JORGETA:(Ela da gargalhadas)Cumprimentar você Romão,pare de frescuras!
ROMÃO:Cumprimenta ou chamarei o segurança para retirar você daqui agora.

JORGETA:Não precisa,mas te cumprimentar,não cumprimento,me retiro por conta própria.

ROMÃO:Então vá.Mas ,se voltar pede para Carla te anunciar primeiro,ok?

       Jorgeta saiu num nervo só e voltou para casa.

                             CASA DE LUCILA

         Clara e sua futura sogra, estão conversando a respeito do seu casamento  com Pedro.

LUCILA:Mas você precisa pensar muito minha filha.Pedro não tem como oferecer o conforto que você tem na casa de seus pais.

CLARA:Dona Lucila,o amor que sinto por Pedro é maior do que qualquer riqueza ou conforto.Já disse ao Pedro que quero morar com ele na casinha que ele conseguir,não quero nada de meus pais.Iremos crescer juntos.Iremos construir nossa vida com o nosso suor.

LUCILA:Devo admitir que o amor de vocês é sincero.Quero sejam felizes.(elas se abraçam)

                       No próximo capítulo:alguma coisa está tirando o sossego de Jorgeta,após o telefonema secreto . Ela então resolve ir se confessar com o padre e o mesmo fica assustado com o que ouviu no confessionário.

                              CONTINUA……………