Cumplicidade: Capítulo 6

Cumplicidade: Capítulo 6

 

 

Capítulo escrito por: Rick Lobo

Classificação indicativa: 

 

-O que houve? Você dormiu de roupa e tudo. Cadê Juliano?

-Não sei onde ele está!

-Como assim Mildred? Disse ele deixando a pasta no chão.

-Está preparado para o que vou lhe contar?

…………………………………………………………………………………

Juliano estava muito confuso não sabia o que estava acontecendo com ele mesmo. Enquanto tomava café em um restaurante com Douglas, a sua mente viajava até sua mãe.

-Coma Juliano, precisa comer.

-Não consigo parar de pensar em minha mãe.

-Não fique assim. Olhe ao chegar em casa a gente toma um banho e dorme um pouco.

-Tudo bem. Estou precisando, obrigado por está sendo tão legal comigo.

-Faço tudo pelo meu namorado.

-Namorado? Juliano olhou fixamente.

………………………………………………………………………..

-Como assim Mildred?

-Sim Rafael. Peguei Juliano e outro garoto fazendo sexo em meu sofá.

-E quem é esse menino?

-E eu que sei Rafael? Nem o olhei direito, por tanta raiva que estava de Juliano. O que vai fazer?

-Vou ligar para ele. Disse Rafael pegando o celular no bolso do paletó.

-Alô. Juliano.

-Oi Pai, mamãe já deve ter te contado tudo.

-Sim filho, ela contou, ela não esta nada bem. Precisamos conversar, onde você está?

-Estou no Restaurante Mademoiselle.

-Sei onde fica me espere ai, por favor.

……………………………………………………………….

Mildred não queria acreditar, seria um castigo de Deus sobre ela pela traição? Sua família, sua casa estava desmoronando a seus pés, e Mildred estava só como observadora. Queria ela esquecer tudo, então enquanto Rafael foi conversar com Juliano ela tomou um taxi e foi até o apartamento de Diogo.

………………………………………………………

Rafael sentou-se junto a Juliano e Douglas.

-Oi filho.

-Oi pai.

-Não se preocupe, não estou triste contigo. Como vai rapaz? Como se chama.

-Douglas, senhor.

-Mais pai, o senhor não está zangado comigo?

-Claro que não meu filho, por qual motivo haveria de está bravo?

-Desculpe pai, eu estou confuso.

-É normal se sentir assim. Eu te intendo, mais de um tempo a sua mãe, ela não esta passando por uma fase boa, e agora descobriu tudo isso eu não há culpo, e nem a você filho. Você é um adulto não é mais uma criança, já sabe o que quer da vida.

-Obrigado Pai.

-E você Douglas, tome conta do meu filho por enquanto, sim?

-Claro senhor, eu o amo muito.

-Fico feliz em saber.

………………………………………………………………………

   Mildred bateu a porta e uma garota atendeu.

-Oi tudo bem?

-Oi. Respondeu Mildred. O Diogo se encontra?

-Não! O Diogo foi à editora para resolver alguns assuntos de seu livro novo.

-Há sim!

-Quer que eu avise que esteve aqui?

-Não, não é necessário, Desculpe você quem é?

-Oh! Desculpe não me apresentei, sou Laila, sou namorada dele.

-O que!

 

CONTINUA…

Rick Lobo

CEO Fundador da FH Filmes” e produtor executivo Cyber Séries