Contos da tarde: Só queria alguém que ficasse

Contos da tarde: Só queria alguém que ficasse

SÓ QUEIRA ALGUÉM QUE FICASSE

Autora: Isabella Gonçalves

www.eoh.com.br

Resultado de imagem para ficar

Eu só queria alguém que me desse a mão e entendesse meus traumas, medos e estragos. Sou estragada demais. Você não faz ideia. Ninguém faz. Quem me vê assim sempre sorrindo, não aprendeu a me olhar nos olhos.

Por fora sou sol, por dentro tempestade e naufrago em mim mesma vez ou outra. E eu só queria alguém que não tivesse medo dessa profundidade toda, mesmo sem saber nadar. Alguém que me abraçasse forte quando a minha vontade fosse sair de mim mesma.

Porque eu tenho dessas. Vontade de largar tudo, mudar de nome, de endereço, de corpo e recomeçar. Do zero. Sem cicatrizes, sem saudades doidas e doídas pra bater na porta quando eu só quero paz. Alguém que não fizesse promessas pra não quebrar nenhuma e que não me partisse mais. Que não partisse. Ando cansada de despedidas. Só queria alguém que não se tornasse um completo estranho com o passar do tempo e que fosse real. Cheio de defeitos e manias, mas que fosse também leal.

Fantasias de “felizes para sempre” não me sustentam mais. Prefiro um felizes enquanto durar e que dure enquanto houver amor. Eu queria alguém que ouvisse as minhas ideias mais loucas, os meus sonhos mais bonitos e os medos mais bobos com a mesma atenção.

Alguém que não fosse embora quando a lágrima caísse e que não viesse correndo só quando fosse conveniente. Só queria alguém que ficasse. Pro bem ou pro mal. Pra sempre ou até amanhã, mas que ficasse. De corpo, alma, coração, mãos dadas, pés entrelaçados, olhos nos olhos e sorrisos alinhados. Eu só queria alguém pra me fazer perder essa mania de querer alguém.

Wellyngton Vianna

Recifense, 23 anos, CEO fundador do CYBER SÉRIES.

“Escrever liberta, podemos criar, recriar e inovar. Podemos tornar públicas as nossas idéias”.