Capítulo 11 Teu Amor- O reencontro?

Capítulo 11 Teu Amor- O reencontro?

 

 

Cena 1, Consultório De Clara, Sala, Noite.

Clara:Bom, Laura pode se sentar, e fica á vontade.

Laura:bom Clara, eu tô aqui novamente depois de anos.

Clara:Pera aí, É você Laura?

Laura:Sim, sou eu mais eu peço pra que você fique calma.

Clara:Eu não acredito que você está de volta aqui.

Música instrumentao:Tristeza extrema.

Rapidamente, Clara lembra de tudo o que aconteceu e as lembranças vêem como um filme em sua cabeça.

Clara:Você quase acabou com a minha vida.

Laura:Eu sei, Clara mas eu era inconsequente.

Clara:Eu era pobre, tinha me recém formado, e Você era rica, tinha tudo pra criar aquele filho, mais você preferiu ir curtir, e largar aquela bebê lindo nós meus braços.(Chorando)

Clara:Pra mim você é um mostro, uma pessoa cruel.

Laura:Eu errei, mais se eu tivesse ficado aqui, eu teria colocado a minha boca no mundo e sua carreira como médica nunca teria decolado.

Clara:Então, você quer que eu te agradeça?

Laura:Eu não vim aqui pra brigar, Clara eu vim aqui porque eu quero saber o que aconteceu com o meu filho.

Cena 2, Praia,Calçadão.

Música:Loco enamorado.

Cecília e Serumaninho começam a produzir um novo golpe.

Eles fazem uma rodinha com a suposta água cura calo, e começam a produzir.

Serumaninho:Eu nunca vi isso, Moça essa água tirou os seus calos.(Gritando)

Cecília:Sim, moço como você pode ver sairam todas do meu pé.(Gritando)

Serumaninho:e a senhora tem mais dessa água mágica?

Cecília:Claro, é só 20 reias meio litro de água.

Serumaninho:Nossa está muito barato, vem gente comprar a água cura calo.

Um grupo turista se junto e ficam surpreendidos com os poderes da Água Cura Calo.

Cena 3,Consultório, Sala De Clara.
Clara e Laura continuam a conversa.

Clara:ah, agora você quer saber?! hahaha.

Laura:Eu tenho esse direito.

Clara:Laura não venha falar em direitos comigo, mais já que você faz tanta questão de saber eu te falo.

Clara:Naquela noite, assim que você saiu daqui eu levei o menino pra um orfanato, e durante anos eu acompanhei ele, mais o orfanato pegou fogo anos depois, e eu nunca mais soube de nada.

Laura:Você endereço desse orfanato?

Clara:Se, eu te der você vai embora?

Laura:Vou.

Clara:Passa aqui amanhã, eu vou deixar com o porteiro.

Clara:Agora, por favor vá embora, saí daqui.

Laura:Tudo bem, eu vou.

Cena 4, Praia, Calçadão.

No meio da multidão que estão comprando a Agua Cura Calo de Cecília, entra uma antiga cliente.

Cliente:Pera ai, eu tô te reconhecendo.

Cecília:Me reconhecendo? Me reconhecendo da onde? Que menina louca.

Cliente:Você é a vidente Cecilão, sua ladra.

Cliente:Gente não compra isso não, é puro roubo, Tudo mentira.

Cecília:Cala a Boca.

As pessoas começam a ir embora.

Cecília:Tá feliz?

Cena 5, Praia, Calçadão.

Serumaninho e Cecília andam pelo calçadão.

Serumaninho:Mais um golpe, que não dá certo, Cecília eu acho que a gente perdeu a mão, não tem outra explicação.

Cecília:a gente tem que encontrar o golpe perfeito, a gente vai encontrar.

Serumaninho:e até lá a gente faz o que?

Cecília: no momento eu quero tomar café, eu acho que a casa da Laura é por aqui vamos lá?

Serumaninho:Vamos, fazer o que né?!

Cena ,Faculdade, Corredor, Manhã.

Mariah caminha pelo corredor enquanto conversa com Jaime pelo telefone.

Mariah: e aí como tá sendo o seu primeiro dia de aula?

Jaime:a tá sendo algo bem legal, eu tô gostando a turma é bem calma.

Mariah:Jaime, eu não sei um jeito certo de falar isso mais eu.

Mariah bate na porta para entrar na sua sala.

Jaime:pera ai que tem alguém batendo na porta aqui.

Mariah:Então eu estou grávida.

Jaime abre a porta e dá de Cara com Mariah.

Mariah: Não(Risos) não pode ser.

Jaime está espantado.

Música:El Amante.

Cena , Casa De Carlo e Paola, Sala, Manhã.

Paola e Carlo tomam café frente a frente, e tenta conversar.

Carlo:E essa Luísa amor quando chega?

Paola:bom logo ela está chegando,  a última vez que falei com a Soraya ela já tinha pego o avião.

Carlo:tomara que isso dê certo em Paola, é difícil de se acostumar com gente estranho assim aqui.

Paola:pelo o que a Soraya me falou ela é uma mocinha muito educado, é aquele clássico bela, recatada e do lar, vai ser facinho lidar com ela.(Risos)

Carlo:se ela for do lar mesmo, é bom que posso demitir a empregada(Risos).

Cena ,Casa de Clara, Quarto Do Casal, Noite.

Zé acaba de acorda enquanto Clara está acordada sentada ao seu lado.

Zé:Já acordada?

Clara:Eu não preguei o olho José, e realmente eu não sei como você conseguiu dormir com o risco eminente de perdermos o nosso filho de uma hora pra outra.

Zé:o que ficar acordado durante a madrugada toda me ajudaria?

Clara:Ai, Zé eu preciso sair, e eu não sei que horas eu volto, Então não me liga.

Zé:Você não está sozinha nessa, você nunca esteve sozinha.

Clara:mais é realmente do jeito que eu estou me sentindo, sozinha, pensa nisso.

Cena ,Prédio, Entrada, Manhã.

Laura Salta do carro e chega a portaria do prédio aonde está localizado o consultório de Clara.

Laura: Olá, eu vim buscar um bilhete que a Doutora Clara deixou pra mim.

Porteiro:Está aqui..

Laura olha o bilhete.

Laura: Petrópolis, vamos lá.

Cena ,Faculdade, Sala, Manhã.

Mariah se vira e vai embora, Jaime a observa da Sala, é quando Sophia saí correndo em direção a amiga.

Cena , Faculdade, escadaria, Manhã.

Em meio as escadarias da faculdade Sophia vem correndo atrás de Mariah.

Sophia:espera aí Mariah, o que qui tá acontecendo?

Mariah:Nada, Sophia me deixa volta pra sala.

Sophia pega no braço de Mariah.

Sophia: eu sou sua amiga a anos e você não vai sair daqui assim, o que qui está acontecendo.

Mariah:Eu tô grávida.

Sophia:Mariah!

Mariah:e tem mais o pai você acabou de conhecer, é o Jaime que está lá na sala.

Sophia:o professor é seu Jaime

Mariah:exatamente.

Cena , Aeroporto, Saguão, Manhã.

Luísa desembarca e caminha pelo, Saguão até que Soraya liga para conversar com a Filha.

Luísa:Alô, mãe já estou em solo brasileiro.

Soraya:Minha filha, se controla e não comete os mesmos erros que você cometeu aqui, tá?!

Luísa:mamãe fica tranquila, eu não vou mexer com a sua amiguinha.

Soraya: o meu medo não é você mexer com ela, o meu medo é você mexer com o marido dela.

Música:Sua Cara..

Luísa:Aí eu não garanto nada, Beijos mãe.

Cena , Estrada, Abandonada, Tarde.

Laura para o carro e salta, no local indicado por Clara.

Laura anda para um lado e para o outro e não vê.

Laura:o endereço é esse mesmo, e aqui não tem resquício de nada, a Clara está tentando me enganar, alguma coisa tem.

Música: shed a light.