Bom dia Vida: Poemas de Susana Silva

Bom dia Vida: Poemas de Susana Silva

BOM DIA VIDA, BOM DIA LEITORES!

Poema dos disparates

Autora: Susana Silva

Se a minha cama tivesse voz,
o que seria de mim?
Tantos segredos ela contaria de mim,
a quem quisesse ouvir sua voz.

Se eu voasse,
o que levaria comigo?
Sairia sem destino no domingo,
às escondidas, sem que ninguém soubesse.

Se os gatos rugissem, que susto aos amigos dos seus donos dariam.
Eles fugiriam,
para que ao susto sobrevivessem.

Se eu tivesse um monte de filhos com eletricidade,
uma casa em construção.
Seria uma confusão,
mas uma grande felicidade.

—————————————————————————————————————-

 

Se eu me for

Autora: Suana Silva

Adoro estar na cama a observá-lo dormir.
Parece estar em paz.
Zelo por ele, por aquele sono tão prazeroso.
Estará a sonhar?
Ele sorri, então desligo a luz
e deito-me tentando dormir.

Mas não consigo.
Então, começo a pensar no que lhe acontecerá
quando eu me for.
Quem o irá proteger e dar-lhe amor?
Será que ele vai ficar só?
Novamente me deito, tentando dormir.

Sem o conseguir,
tento lembrar se demonstrei o meu amor por ele,
através de ações, palavras ou gestos.
Se há uma coisa que não me quero arrepender
é de nunca o ter feito, para ele não esquecer de mim.
Então, aconchego-me no travesseiro para dormir.

Agradecimentos do CYBER SÉRIES aos delicados e fabulosos poemas de Susana Silva

Susana Silva
Portuguesa, escritora. Faço parte da equipe de autores do Cyber Séries, escrevo contos, poemas e poesias.