Bom dia Vida: Poema dos provérbios

Bom dia Vida: Poema dos provérbios

POEMA DOS PROVÉRBIOS

Autora: Susana Silva

Sempre ouvi dizer que “de sãos e de loucos todos temos um pouco”.

E ainda bem que assim é, a meu ver.

Já imaginaram esta vida só com pessoas malucas ou sãs?

Seria muito louco.

 

 

Sempre ouvi dizer que “quem está à chuva molha-se”.

Porque se tem de molhar, alguém pode-me dizer?

Embora eu não use,

quem andar com guarda-chuva, resguarda-se.

Sempre ouvi dizer que “deitar cedo e cedo erguer dá saúde e faz crescer”.

Então, porque é que há quem o faça e é mais baixo que eu?

Então, porque é que há quem o faça e esteja sempre a adoecer?

E há quem não o faça, e esteja saudável e crescido como eu?

Sempre ouvi dizer que “quem espera sempre alcança”.

Continuo a mais filhos querer,

mas sem dinheiro para os sustentar depois de os ter.

Realmente, “quem espera desespera”.

Susana Silva

Portuguesa, escritora. Faço parte da equipe de autores do Cyber Séries, escrevo contos, poemas e poesias.