Bom dia Vida: Autoestima

Bom dia Vida: Autoestima

 

NÃO ESPERE PELO OUTROS. CRIE SUA PRÓPRIA AUTOESTIMA

Texto de Charlene Peruchi

 

Resultado de imagem para autoestima

As pessoas costumam depositar suas frustrações nas outras pessoas. Isso acontece sempre que alguém critica o corpo, a vida, o jeito de pensar, o jeito de falar do outro. Isso acontece quando ouvimos comentários como “ela é feia para ele”, “entendo sua opinião, mas não faria isso”, “você parece doente, está muito magra”, são tantos outros comentários que se ouve por aí que renderia um texto longo e cansativo de se ler.

Muitas vezes, a pessoa está um pouco acima do peso, ou o que ela pensa é totalmente diferente do que você pensa, mas e daí? Quão difícil é entender que pessoas são diferentes e que elas podem fazer o que bem entenderem? Claro, sendo que isso não prejudique o próximo e nem a elas, (mas este também é um ponto a se pensar, pois ao não querer que elas saiam prejudicadas posso avançar nos seus direitos de serem da forma que são, mas enfim…).

Ao fazer uma simples crítica negativa, sua autoestima é criada ou elevada a custa dos pontos que você acha negativos dos outros. Isso não é autoestima verdadeira, porque assim que você ver outra pessoa sem os mesmos pontos que podem ser criticados, ou seja, uma pessoa que parece livre de defeitos, sua autoestima cai. Aí entra o alerta de ficar procurando pontos para crítica nessa pessoa para que sua autoestima seja recuperada. E o ciclo de “defeitos”/autoestima elevada e qualidades/autoestima diminuída segue.

Só quando descobrirmos que a autoestima é criada a partir de nós mesmos, aceitando os nossos defeitos e percebendo nossas qualidades é que teremos a real autoestima. Quando o ponto de referência for nós mesmos estaremos no caminho certo. Nada como se analisar e perceber nossos defeitos e cair na real de que sim, temos defeitos. Só a partir do momento que os aceitamos e procuramos nos melhorar é que eles podem sumir. E claro, você também tem qualidades, é só percebê-las.

Permita-se fazer o seguinte exercício: sente na frente do espelho e tenha uma conversa consigo mesma. Procure suas qualidades. Perceba que você é feita de qualidade e defeitos, como todas as pessoas. A diferença está em buscar sua autoestima a partir de você mesma. Para isso, ressalte suas qualidades durante seu dia-a-dia, e procure trabalhar os defeitos para que eles se tornem qualidades. É um caminho longo, mas quando você pegar o jeito tudo se tornará fácil.

Crie sua própria autoestima. Te garanto que ela será muito mais real do que aquela criada em cima da crítica negativa alheia. 

 

Wellyngton Vianna
Recifense, 23 anos, CEO fundador do CYBER SÉRIES. "Escrever liberta, podemos criar, recriar e inovar. Podemos tornar públicas as nossas idéias".