Além da porteira: Capítulo 50 (último capítulo)

Além da porteira: Capítulo 50 (último capítulo)

 

Capítulo escrito por: Luiz Lisboa

Classificação indicativa: 

EMOÇÕES DO ÚLTIMO CAPÍTULO

 

5 MESES DEPOIS 

NA  FAZENDA

O ódio deu lugar para o amor,o desejo de posse deu lugar à esperança,a imposição deu lugar à felicidade.A fazenda que antes era regida pela possessão e obsessão,hoje se tornou o cenário da paz,da harmonia e da cumplicidade.

Promessa e Raul estão vivendo momentos de puro êxtase.E para culminar tanta felicidade,hoje no meio da tarde acontecerá a cerimônia de casamento entre os dois.Enquanto não chega este momento tão esperado,os nubentes estão sentados na varanda da fazenda.Lugar que antes era o preferido de seu Dorico para maquinar planos e estratégias que só favoreciam a si próprio.

PROMESSA:Parece que estou vivendo em outro ambiente diferente do que vivi em toda minha vida.

RAUL:A minha vida  depois de muita solidão,dor ,angustia e ódio,mudou-se também, maravilhosamente bem.Hoje a felicidade é minha companheira.Estar ao seu lado é algo que  me faz sentir  o gosto de viver,o amor que sinto por você fez com que meu coração se regenerasse.O que passou cicatrizou,o que estou vivendo é eterno,o futuro será lucro .

 

NA VILA

Raízes da Terra  sempre foi “vigiada”por Dolores.Agora todos estão de olho na solteirona  .

CIRO:Quem diria que isso iria acontecer com  a dona Dolores!

VERA:Penso que a esperança dela já havia morrido.

TINA:Mas enganou-se mamãe.Lembra do velho ditado?:a esperança é a última que morre.

VERA:Verdade filha.Justo o seu Narciso,o motorista que todo dia passava aqui em seu ônibus, foi apaixonar e até pedir dona Dolores em casamento.

TINA:E chegou o dia.Hoje é o grande dia   das noivas de Raízes da Terra.Por falar nisso está na hora de me aprontar,afinal sou uma delas.

NA  FAZENDA

Ninguém mais se lembra do ocorrido com seu Dorico.O que aconteceu foi enterrado junto com ele.A morte de Dorico serviu de refrigério na vida de Zenaide e foi como uma carta de alforria para Promessa e Raul  .Tanto foi que hoje, em coletividade estarão se casando.Tudo o que queriam e eram impossibilitados pelo falecido, o temido e poderoso Dorico Antunes.

Em pouco instante estará acontecendo no pátio da fazenda,a oficialização dos casamentos entre:

Narcizo e Dolores,

Carlos e Lídia,

Renato e Tina,

Dico e Margarida

Raul e Promessa.

Tibúrcio que fora presa na ocasião da crime contra Dorico,com a ajuda de Raul e Promessa teve sua liberdade provisória decretada e está morando com Raul em seu sítio.Raul ainda fez mais para seu tio,em secreto,entrou em contato com a esposa do tio e seus filhos e pediu que viessem embora para Raízes da Terra,para morarem todos aqui.Então ,a família de Tibúrcio chegará a qualquer momento e ganharão do sobrinho o sítio que foi de seu pai Manuel.O sítio que teve sua porteira trancada por 5 anos ,até que o crime fosse esclarecido e o culpado ter pago pelo que fez,e agora está aberta para a paz,a união,para uma nova vida..E tem mais,Tibúrcio e Glória serão os padrinhos de Raul.

Os moradores da vila todos vieram para a fazenda para juntos celebrar o amor e a união dos noivos.

SÍTIO DE RAUL

Raul recebeu Tibúrcio em sua casa.E ao sair para casar com Promessa,o sítio será do tio.Pois o jovem passará a morar na fazenda que hoje é de Promessa,que outrora era de Dorico,o maior inimigo de Raul.

TIBÚRCIO:Sabe meu filho a minha consciência está me castigando.

RAUL:Não se turbe mais meu tio.O que passou ,passou.Vamos iniciar uma nova etapa de nossas vidas.

TIBÚRCIO:Difícil.Fiz muita gente sofrer,inclusive a você que é sangue do meu sangue.Me lembro do dia em que provoquei o acidente com o jipe de seu pai ,que é meu irmão.orientado pelo seu Dorico.Próximo do lugar onde o jipe queimou eu estava esperando eles virem ,pedi que parasse o jipe e inventei que tinha algo de errado com o mesmo,então pedi que abrisse o capô e ele ficasse na ignição.Então,o carro que não tinha problema nenhum,passou a ter ,pois inverti cabos,conctei outros errados de forma que provocasse um curto circuito.E assim aconteceu.Não andou nada e o carro explodiu,matando o meu irmão,sua esposa e os dois filhos que estavam juntos.Tudo por causa de me exaltar diante de um homem rico e poderoso.Fazer o que ele ordenava era algo de honra.

RAUL:A nossa sorte meu tio,é que a vida nos dá uma nova oportunidade.Então é chegada a hora de nos agarrarmos a ela e sermos felizes daqui para frente.

TIBÚRCIO:É verdade,agora tenho a você,meu pai Zará e minha irmã Glória.E nos próximos dias irei ao Pantanal  buscar a minha esposa e filhos para virem pra cá também,para vivermos em família.

Os dois se abraçam.

E neste momento ,estacionou um carro na porteira do sítio,para surpresa de Tibúrcio,era sua esposa  com seus filhos que acabaram de chgar do Pantanal para morarem de vez em raízes da Terra.

Seu Zará,  estava passando enfrente ao sítio para ir prestigiar ao casamento de Raul e Promessa.Parou e chamou ao filho e lhe deu um abraço.Tibúrcio se ofereceu em morar com o pai na velha cabana,mas  seu Zará não aceitou.Também foi-lhe feito o convite para morar no sítio de Raul,o convite também foi recusado,disse que “prefiro morar sozinho em meu cantinho.”Então decidiu deixa-lo á vontade,mas estará sempre por perto para lhe dar atenção.

NA FAZENDA

Carlos está na varanda,lendo a carta que recebera de seus pais.E  dentre  as mensagens está,o que Carlos mais queria:a benção de seus pais sobre seu casamento com Lídia.Os planos de Carlos é de na semana seguinte ao casamento retornar ao pantanal com sua futura esposa .

NO SÍTIO DE GLÓRIA

Tibúrcio e família,estavam indo com Raul para o casamento na fazenda,quando decidiram para na casa de Glória.

GLÓRIA:Veja Severino,o que esperei em uma vida toda se concretizou.Meu meio irmão está conosco.Minha alegria é maior ainda ao ver Raul vivendo uma vida normal e feliz.

SEVERINO:Sejam bem vindos.

TIBÚRCIO:Minha irmã querida,quanta alegria em poder estar junto a você.

GLÓRIA:Minha alegria também é imensa.Mas hoje estou com o meu coração um pouco ansioso.Minha filha Lídia,se casará daqui a pouco e irá para o Pantanal.

RAUL:Não  se angustia com isso minha tia.O importante é que ela está feliz.

E seguiram em direção à fazenda.

NA FAZENDA

Todos os convidados já chegaram e esperam ansiosos pela hora em que as noivas desceraão as escadas da varanda da fazenda.Os noivos já estão ao pé da mesma esperando as suas amadas descerem pra receberem a benção do casamento.Mas o Padre Chico está um tanto  quanto preocupado.

PADRE CHICO: (fala consigo mesmo)Já  se fazem alguns dias que Tetê foi para Belo Horizonte e não voltou.Por que ele fez isso comigo?Logo agora que eu estava disposto a ir embora com ele.

Mas,enquanto as noivas não descem,Tiãozinho subiu a escadaria da varanda levando consigo a sua amada Flor,e….

TIÃOZINHO:Meus amigos eu quero chamar a atenção de todos vocês.Me escutem.Eu estou muito feliz.Me casei com a Flor mais linda da região,essa formosura que está aqui do meu lado.E agora eu quero comunicar a vocês que a minha Flor está gerando um botãozinho em seu ventre. (grita)Eu vou ser papai.

E todos que ali estavam aplaudiram e se alegraram com a notícia.

Chegou a hora ,tudo está pronto.As noivas irão descer uma por uma e junto com seu respectivo noivo se dirigirão ao altar para oficializar a união.A cerimônia será feita pelo padre Esmael.

Alguém grita:Lá vem a noiva!

Dolores foi a primeira a descer,em seguida Lídia,logo após Tina,depois Margarida e por último Promessa que veio chorando de alegria,não conseguiu conter a emoção diante deste momento,o mais esperado.

Agora todos estão oficialmente casados e felizes.O amor superou ao ódio e ao medo.Raízes da Terra será um exemplo de que o amor supera a qualquer força contrária à sua.

Padre Chico está ajudando ao Padre Esmael a guardar tudo o que fora usado na cerimônia.E neste momento chega um motoqueiro no meio dos convidados que estão comendo,bebendo  e dançando.O motoqueiro era Tenório .

TENÓRIO:Chiquinho,venha ,vamos embora .Voltei para te buscar.

Chico que não era padre coisa nenhuma,saiu correndo arrancando os paramentos de sacerdote e jogando tudo para trás ,subiu na garupa de Tenório e pegaram a estrada de volta para Belo Horizonte.

Seu Zará que estava à sombra de uma figueira que fica junto à porteira que dá assesso à fazendo,apreciando tudo o que estava acontecendo,de repente passou por ele Tenório e Chico, a toda em sua moto,dali também ele viu Raul e Promessa na varanda da fazenda casados e felizes.Então ele disse para si mesmo:

__“O amor é a força maior.”

 

FIM !