Além da porteira: Capítulo 23

Além da porteira: Capítulo 23

Capítulo escrito por: Luiz Lisboa

Classificação indicativa: 

 

NA FAZENDA

Promessa e o padre Chico,ainda não terminaram a conversa,sobre o casamento dela com  Carlos.

PADRE:O que você está tramando mocinha?

PROMESSA:Vou contar para o senhor,mas como confissão ,ninguém poderá saber,muito menos meu pai.

PADRE:Ai!Ai!.O que me aguarda agora?

PROMESSA:Eu estou perdidamente apaixonada.

PADRE:Que bom minha filha ,assim não sofrerá ao se casar com o filho do compadre do seu pai.

PROMESSA:Como não sofrerei  padre?

PADRE:Uai,você não está apaixonada por ele?

PROMESSA:Claro que não padre!Eu estou apaixonada por outro rapaz.

PADRE:Agora que a coisa vai pegar fogo.Mas quem é  o rapaz.

PROMESSA:Agora eu não posso contar mais nada pro senhor.Irei até a igreja pra gente continuar nossa conversa sossegados e longe do papai.

PADRE:Então tá ,vou te aguardar lá.Mas aqui,toma juízo.

No outro lado do curral,de onde estava Renato e seus visistantes, estava Tiãozinho a espera de Flor.

TIÃOZINHO:Será que essa danada não vem?

FLOR:Tiãozinho!Cadê você?

TIÃOZINHO:Você veio minha flor?Tô aqui.

FLOR:Precisamos conversar rápido,antes que a mamãe de falta de mim na cozinha.

TIÃOZINHO:Tá bão,mais primeiro me da um beijinho.

Ceição, sendo uma mãe muito atenta não descuida de vigiar sua filha,além do mais ela sabe que Tiãozinho vive rondando a moça querendo conquistar seu coração.Durante o encontro entre os jovens apaixonados ,bem na hora do beijinho…

CEIÇAO:Flor,pare,sua assanhada,vá logo pra dentro.E você seu moleque atrevido,vou lhe dar o que merece.

FLOR:Pare mamãe de maltratar o Tiãozinho.Eu amo ele.E a senhora tem que aceitar isso.

CEIÇÃO:O que ,você tá me enfrentando sua fogosa.

TIÃOZINHO:É isso mesmo dona Ceição eu e Flor ,a gente se ama.e a senhora não pode impedir da gente ser feliz.

CEIÇÃO:Já vi que não tem mais jeito mesmo.E já sei o que vou fazer.Vamos Flor pra dentro agora.

Quem estava próximo ao curral ouviu aquela confusão ,e foram ver do que se tratava.

RENATO:O que está acontecendo aí Ceição.

CEIÇÃO:É esse moleque safado querendo aproveitar de minha filha.

FLOR:Não é bem assim mamãe,Tiãozinho não fez nada que eu não quisesse .O que ele fez e se  fez foi porque eu deixei.

CEIÇÃO:Eu não acredito que estou ouvindo isso de você minha filha.Sempre foi tão pura ,casta,inocente,jamais pensei ouvir isso de você minha Florzinha.

TENÓRIO:já vi que esse menina não tem nada de boba,ela sabe o que é bom na vida.

CEIÇÃO:Vamos Flor,vou aproveitar que o padre está aí e vamos marcar esse casamento logo…E você seu traste não me escape,por que agora terá que casar.

DICO:Aí Tiãozinho,vai entrar para a turma dos casados.

TIÃOZINHO:Agora Tô ferrado.

RENATO:Não era isso que você queria moleque?Agora vai ter que casar.

Tiãozinho teve que acompanhar Ceição até a presença de Dorico e do padre Chico.

CEIÇÃO:Da licença seu Dorico.

DORICO:O que foi Ceição ,o que tá acontecendo?..Tiãozinho, o que tá fazendo aqui?

CEIÇÃO:Olha patrão  e dona Zenaide,eu não tenho marido,sou viúva,criei essa menina sozinha,com todo cuidado que eu pude ter,e agora esse danado desse moleque tá querendo aproveitar dela.

ZENAIDE:Tiãozinho,é verdade o que a Ceição tá dizendo?

TIÃOZINHO:Não é bem verdade não patroa.Eu só queria um beijinho da minha Florzinha.

CEIÇÃO:Seu atrevido,sua Florzinha coisa nenhuma.E ainda me chama de mentirosa.

DORICO:Então, fala Ceição o que você tá querendo.

CEIÇÃO:Eu quero que o senhor me ajuda a casar esse dois o mais rápido possível.

DORICO:Pode deixar Ceição esse moleque vai casar com sua filha.Vamos aproveitar que o padre Chico tá aqui e vamos marcar esse casamento já.

PADRE:Parece que eu ouvi falar em outro casamento por aqui?

ZENAIDE:É isso mesmo padre.Tiãozinho tá querendo aproveitar da menina Flor, e sua mãe quer que ele se case com ela .

DORICO:Pode marcar com ele Ceição,que a festa eu farei aqui mesmo na fazenda,por minha conta.E você Tiãozinho,não tente fugir que eu te pego a laço.

No curral a zoação sobre Tiãozinho rolava solta.

RENATO:Esse moleque é apaixonadão por Flor.

DICO:Mas agora ele tá apertadão,a mãe dela vai obrigar ele a casar com a moça.

MARGARIDA:Sabe que eu tô gostando dessa vida aqui no interior.Aqui nada fica pra depois,acontece no estalo.Prova disso ,algumas horas atrás Tiãozinho estava livre,agora já está enroscado com Flor.

A tarde estava chegando e é chegada a hora do padre Chico e seus amigos voltarem para a vila levados por Tiãozinho.

DORICO:Bom padre agora o senhor tem 2 casamentos pra fazer aqui na minha fazenda.Mas, agora vou mandar Tiãozinho levar o senhor de volta pra vila.Vamos lá fora que eu quero cumprimentar seus amigos.

PADRE:Seu Francisco,dona Zenaide fiquem na luz,que eu tenho que ir antes da noite cair.

ZENAIDE:Vai na luz também padre.

FRANCISCO:Nos veremos no casamento do meu filho padre.

Agora é pra valer Promessa já está de casamento marcado.Ela terá que lutar contra o tempo para não se casar com Carlos.Nesse momento seu Dorico se dirige até ao curral  para  dar atenção aos amigos do padre.Momento este,que  Renato fará um pedido ao patrão.

O que será que Renato quer com seu Dorico?No  próximo capítulo,ficaremos sabendo do que se trata.

CONTINUA….