Além da porteira: Capítulo 29

Além da porteira: Capítulo 29

 

Capítulo escrito por: Luiz Lisboa

Classificação indicativa: 

 

SÍTIO  DE  GLÓRIA

Lídia está entusiasmada com a ideia de fazer uma serenata para Raul.

GLÓRIA: Que tanto você dedilha nesse violão Lídia?

LÍDIA: Estou treinando uma música de Paula Fernandes ,para cantar para Raul.

GLÓRIA: Minha filha Raul não quer te namorar.Tire isso da cabeça.

LÍDIA: Me deixe fazer essa última tentativa mamãe,uma linda serenata pra ele.Não custa nada.Se  ele não me quiser eu desistirei dele.

SEVERINO:Deixa a menina Glória.Uma hora ela vai entender o que Raul quer.

NA    VILA

Ceição e Flor ,passaram de casa em casa na vila fazendo o convite para o casamento.

TINA: Que legal,um casamento na fazenda.Vou me divertir pra valer.

CIRO: Aquele moleque se casando!Mas não fica ninguém sem se casar mesmo!

VERA: A Ceição está muito feliz com os preparativos.É o sonho de toda mãe organizar o casamento de uma filha.

TINA: Fique tranquila mamãe, a senhora ainda irá organizar o meu.Aliás,eu sinto que nesse casamento da Flor, eu vou me dar bem.

NA  FAZENDA

Promessa está da janela de seu quarto observando a natureza e pensando em Raul.

PROMESSA: Seria um sonho,se eu estivesse me casando com Raul.Bem que o papai podia mudar seu propósito e me dexar casar com ele.Mas,ele deixando ou não eu ficarei com ele .Como pode ,o agir do amor ser surpreendente,sempre tão perto um do outro e num belo dia sem mais e nem menos me vejo apaixonada por ele.Quero ser para  ele tudo o que ele não teve com a ausência da família.Estar próxima a ele para lhe enxugar as lágrimas da saudade, quando as nuvens de recordações caírem sobre ele.Enfim,quero ser sua outra parte ,ser o complemento em sua vida,não substituir,mas preencher um vazio….

E assim a jovem, fica tempos e mais tempos suspirando por Raul.Fazendo isso até esquece do seu casamento que já está próximo de acontecer.Em mais alguns dias o seu noivo estará chegando para se conhecerem e se prepararem para o tão grande dia, sonhado pelos pais de ambos.

NO   SÍTIO   DE  RAUL

Assim como Promessa está pensativa,Raul sentado em sua humilde varanda,olha em direção à sua  casa e ….

RAUL: É uma pena você ser filha de quem é.Quantas vezes olhando pela fresta da janela, te vi passando e nunca senti nada diferente.Mas precisou ficarmos de frente a frente,olhando nos olhos um do outro,para o coração despertar.Agora estou aqui feito um bobo apaixonado,querendo que você passe todos os dias aqui para eu te ver.Enfrentar seu pai por causa desse amor será uma guerra,mas não perderei.Por esse amor sou capaz de qualquer loucura.Por ela eu abro essa porteira e saiu ao seu encontro,brigo com quem estiver à minha frente…

Raul e Promessa ,estão apaixonados um pelo outro e estão dispostos a brigar por esse amor. Eles  que se preparem, pois haverá muita briga pela frente.

NA   VILA

Na casa de Dico,Tenório e Margarida recebem o padre Chico e juntos lembram o fato ocorrido na igreja envolvendo Dolores,e dão muitas gargalhadas.

MARGARIDA: Me contem como tudo aconteceu.

TENÓRIO: Chiquinho,tirou a batina para tomar banho e eu fiquei na ante sala,então me despertou o desejo de vestir aquela roupa do padre.E vesti . Chiquinho foi se banhar.Estava eu me olhando no espelho me achando um padre.Adivinha quem chegou?

MARGARIDA: Não acredito.Ela,Do-lo-res.

PADRE: A pior parte e a mais cômica ainda vem.

TENÓRIO: Ela mesma.Ficou toda nervosa por eu está usando a batina do padre.E foi logo entrando no quarto onde Chiquinho estava tomando banho,procurando explicações.

PADRE: Você deveria ter segurado a mulher Tetê.

TENÓRIO:Como?Se ela não deu tempo pra nada e foi entrando.Quando ela  estava dentro quarto e olhou  para o banheiro que estava com a porta aberta,e viu o padre peladão sem roupa nenhuma.

MARGARIDA: Que comédia.

PADRE: Tô roxo de vergonha até agora.

MARGARIDA: E agora ,ela uma solteirona que nunca viu nada da espécie ,com que cara ela vai olhar pra você Chiquinho?

PADRE: Nem eu sei com que cara vou olhar pra ela.

TENÓRIO: Do jeito que ela saiu da igreja toda pálida,deve estar tomando água de açúcar até agora.

Os três estavam se divertindo com a situação.

E Na casa de Santa,Dolores ainda assustada com o que viu na igreja,não deixa de questionar o porque de Tenório ser tão próximo do padre como é.

DOLORES: Sabe Santa,eu não consigo entender, como que um estranho que chegou há pouco tempo aqui na vila,se tronou tão amigo do padre Chico como esse rapaz ,o Temório.A ponto de ficar no quarto enquanto padre toma banho e ainda veste a batina do dele.

SANTA: É verdade,tem alguma coisa por traz disso ,da a entender que eles são amigos de muito tempo.

DOLORES: Deixe só eu instalar o meu gravador lá dentro daquela sala onde eles ficam,que descobrirei tudo.

Esse episódio ocorrido na igreja ,cujo Dolores  flagrou Tenório vestido com a batina do padre ,e o mesmo tomar banho com a porta aberta e  seu amigo vê-lo nu,aguçou ainda mais as desconfianças da beata.O segredo do padre pode vir atona a qualquer momento.

NA   FAZENDA

Seu Dorico,está sentado em sua cadeira de balanço ,na varanda de sua casa,ao som de uma boa música sertaneja,do seu radinho a pilha.

DORICO: Agora,tá começando tudo a dar certo,minha menina vai se casar com menino do compadre Francisco.Depois do casamento ,vou investir na aquisição daquela porcaria de sítio que fica atrapalhando minha visão.Esse moleque nem que eu tenho que arrastar ele de lá a força,nolaço,ele vai ter de sair,ou do contrário arrumo uma máquina e entro derrubando tudo…Quanta falta me faz Tibúrcio,se ele estivesse aqui aquele sítio já era meu.Com ele nada se esbarra ,tudo anda.Mais um dia ele ainda há de voltar,pra terminar o serviço que começou pra mim.Sonho com esse dia.Ele é um amigo fiel,nunca me decepcionou,sempre cumpriu tudo o que ordenei,é um bom empregado.Ele é da minha inteira confiança.

De sua varanda ,ele consegue avistar a casa da chapada onde Tiãozinho está trabalhando , preparando-a para morar depois de casado com Flor. É possível ver também Renato e Dico cuidando do gado .E também ele ve Raul em seu sítio cuidando de suas obrigações,e fica admirado em ver como o jovem mudou fisicamente,pois é quase impossível vê-lo,se esconde de todos e não fala com ninguém.E pensa consigo.

DORICO: Olhando daqui,aquele rapaz tem os traços de Tibúrcio.Quanta semelhança.

Talvez,pensou assim ,por estar pensando muito na volta do peão e está tendo visões.

 

CONTINUA  …